últimas notícias








Notícias

1 13/05/2022 15:40

A estimativa para a safra baiana de cereais, leguminosas e oleaginosas prevê, em abril, que a produção deve chegar a 11.158.434 toneladas neste ano de 2022. Ou seja, um aumento de 6,2% em relação ao recorde do ano passado, que foi de 10.504,382.

Houve uma nova revisão positiva na previsão anual da safra de grãos no estado, na passagem de março para abril, com mais 30.800 toneladas. Além disso, o aumento da safra da mamona (8 mil toneladas) também contribuiu para o resultado positivo. 

No âmbito nacional, a estimativa de abril para a safra de grãos também é de um novo recorde, de 261,5 milhões de toneladas, 3,3% acima (+8,3 milhões de toneladas) da obtida em 2021 (253,2 milhões de toneladas). Houve, também, uma revisão positiva na previsão frente a março (+1,0% ou mais 2,5 milhões de toneladas).

Com as informações desta quarta projeção, a Bahia segue tendo a sétima maior produção de grãos do país, respondendo por 4,3% do total nacional. O Mato Grosso segue da liderança, com 30,5%, e em seguida aparece o Paraná (13,9%) e Goiás (10,7%).

Produção

Apesar de a produção baiana de banana ter apresentado revisão negativa em abril (-0,8% ou -7 mil toneladas), caindo para 904,3 mil toneladas, ela ainda é 2,9% maior que a do ano passado, que foi de 878,5 mil toneladas. O crescimento absoluto esperado na produção de soja em relação ao ano passado (+276 mil toneladas) é o maior no estado, seguido pelo milho 1ª safra (+200 mil toneladas) e pelo algodão herbáceo (+110,9 mil toneladas).

Por outro lado, o tomate (-30,2 mil toneladas ou -14,5%), o cacau (-18,6 mil toneladas ou -12,8%) e as três safras de batata-inglesa (-11 mil ou -8,5%) lideram as quedas absolutas de produção.

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.