últimas notícias








Notícias

1 07/04/2021 15:34

O crítico literário e professor Alfredo Bosi morreu nesta quarta-feira, 7, aos 84 anos, vítima de covid-19. Ocupante da cadeira número 12 da Academia Brasileira de Letras desde 2003, Alfredo Bosi nasceu em São Paulo, em 1936.

Formou-se em Letras pela Universidade de São Paulo (USP), em 1960, e logo recebeu uma bolsa de estudos na Itália, onde ficou um ano letivo em Florença.

De volta ao Brasil, assumiu os cursos de língua e literatura italiana na USP. Embora professor de literatura italiana, Alfredo Bosi sempre se interessou por literatura brasileira o que o levou a escrever os livros Pré-Modernismo (1966) e História Concisa da Literatura Brasileira (1970), que se tornou obra de referência obrigatória.

Foi responsável, entre 1963 e 1970, pela seção Letras Italianas do Suplemento Literário do Estadão, no qual publicou artigos sobre autores diversos como Pasolini, Pirandello, Moravia e entre outros.

Interessado pelo assunto, em 1970 se decidiu pelo ensino de literatura brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

Publicou outras obras reconhecidas sobre crítica literária, como o Ser e o Tempo da Poesia, Céu e Inferno: Ensaios de Crítica Literária e Ideológica e Machado de Assis: o Enigma do Olhar.

 

Fonte: Correio

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.