Notícias

1 25/06/2024 11:55



Ação feita por hackers tem o objetivo de redirecionar usuários para páginas de casas de apostas


As páginas oficiais do Governo Federal foram invadidas e tiveram dados modificados para apresentarem termos relacionados a apostas, pornografia e abusos de menores de idades, além disso, os portais hackeados direcionavam os usuários a outras páginas, suspeitas de aplicar golpes. 

Ao todo, segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo, quase 9 mil links com domínio “gov.br”, incluindo sites de prefeituras, órgãos estaduais e entidades federais, tiveram suas informações correlacionadas ao jogo do “tigrinho” e “novinha”, termo usado para se referir às meninas menores de idade, quando pesquisado em sites de buscas, a exemplo do Google. 

A estratégia usada pelos golpistas para colocar os links no topo da busca do google tem o objetivo de lucrar com anúncios ou aplicar diferentes tipos de fraude. Em alguns casos, dados pessoais dos usuários, como nome e celular, são solicitados pelos portais para cadastro. Em outras situações, convidam o internauta para instalar aplicações que podem conter vírus

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.