Notícias

1 27/05/2024 18:24



Cerca de 60% dos presos pela tecnologia eram procurados por roubo, homicídio, tráfico e estupro

O Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública bateu a marca de 1.600 foragidos da Justiça localizados desde a sua implantação. Duas prisões foram registradas nesta segunda-feira (27), após flagrantes da ferramenta.

Dois homens, um procurado por prática de roubo e outro por sequestro, foram captados pela ferramenta em pontos monitorados em Salvador e na cidade de Camaçari, e acabaram presos.

Equipes do 12⁰ Batalhão de Polícia Militar e da 2ª CIPM, após acionamento do Centro Integrado de Comunicações (Cicom), efetuaram os flagrantes. Os criminosos foram conduzidos para a Polinter, onde os mandados foram cumpridos.

Entre janeiro e maio deste ano, 347 criminosos foram alcançados pela tecnologia, em diversas cidades baianas.

"Mais de 60% dos presos com o auxílio da ferramenta eram procurados por tráfico, homicídio, roubo e estupro", lembrou o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner.

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.