Notícias

1 03/04/2024 17:15

Os cartórios de todo o Brasil lançaram um documento eletrônico para possibilitar a oficialização da vontade dos cidadãos que desejam ser doadores de órgãos. A medida foi anunciada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Colégio Notarial do Brasil, através da campanha Um Só Coração: Seja Vida na Vida de Alguém. 

Com a iniciativa, o cidadão que desejar doar órgãos poderá preencher e emitir gratuitamente a Autorização Eletrônica de Doação de Órgãos (AEDO), em qualquer um dos cartórios de notas do país. Os documentos de autorização estarão disponíveis em um sistema eletrônico e poderão ser acessados por profissionais de saúde para comprovar o desejo de quem faleceu. 

O doador poderá autorizar a doação do coração, pulmão, rins, intestino, fígado, pâncreas, medula, pele e músculo esquelético. Os interessados pela autorização eletrônica podem acessar o site da AEDO e preencher um formulário eletrônico, que será enviado ao cartório selecionado durante o acesso. 

Em seguida, uma data será marcada pelo cartório para a realização de uma videoconferência, onde o cidadão será identificado e deverá assinar o documento eletronicamente. Após o pedido ser transmitido, o documento ficará armazenado no Sistema Nacional de Transplantes e poderá ser acessado após o óbito do doador. 

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.