Notícias

1 23/02/2024 12:30

Três pessoas foram presas pela Polícia Federal pela suspeita de facilitarem a fuga dos dois fugitivos do presídio federal de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte. Um dos homens foi preso temporariamente, passou por audiência de custódia na quinta-feira (22) e teve a prisão mantida pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte; os outros dois foram detidos em flagrante por porte de drogas e armas com a numeração raspada. Além da prisão, os agentes cumpriram nove mandados de busca e apreensão nas cidades de Mossoró (RN), Quixeré (CE) e Aquiraz (CE).

Na quinta-feira, nono dia de buscas, um comboio com 100 homens da Força Nacional chegou à região para reforçar a operação. O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, considera a ação de recaptura da dupla como prioridade número um da pasta, que ele assumiu no início de fevereiro.

Os agentes também apreenderam um carro, que passará por perícia. Os investigadores suspeitam que o veículo tenha sido usado pelos foragidos, Deibson Nascimento, o Deisinho, e Rogério Mendonça, o Tatu. Nascidos no Acre, eles são considerados criminosos de "alta periculosidade" e possuem vínculos com o Comando Vermelho, facção criminosa que nasceu no Rio de Janeiro, mas se expandiu pelas regiões Norte e Nordeste.

O Ministério da Justiça publicou uma nota dizendo que "foram apreendidos ainda telefones celulares e um veículo, que, supostamente, teria sido utilizado no auxílio aos criminosos para fornecimento de armamento a ser empregado na fuga". As investigações do Ministério Público do Acre, apontam que Deibson seria um dos fundadores da facção no Estado que domina rotas de tráfico de cocaína na fronteira entre Brasil, Bolívia e Peru.

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.