últimas notícias








Notícias

1 28/07/2021 11:21

O Índice de Preços ao Produtor aumentaram 1,31% em junho, frente a maio, segundo o IBGE. Em relatório divulgado nesta quarta-feira (28), o instituto ressaltou que o indicador acumula variação de 19,11% no ano em 36,81% no intervalo de 12 meses. No mês passado, 18 das 24 atividades tiveram alta de preços, contra 17 do mês anterior.

O IPP mede o custo dos produtos “na porta de fábrica”, sem impostos e fretes. Abrange as grandes categorias bens de capital, bens intermediários e bens de consumo, que tiveram elevações de .

0,71%; 1,56% e 1,01%, nesta ordem. No último grupo, os bens duráveis puxaram a alta (2,03%), enquanto semiduráveis e não duráveis oscilaram 0,81%.

As quatro maiores variações naquele mês foram registradas nas indústrias extrativas (8,71%), em produtos de metal (2,80%), máquinas, aparelhos e materiais elétricos (2,60%) e minerais não-metálicos (2,50%).

Alimentos

No campo da queda nos preços, os alimentos tiveram inflação negativa de 0,05% naquele mês. Primeiro recuo desde dezembro de 2020 (-1,05%). Com isso, o acumulado no ano 8,65%, em maio, para 8,60%. No acumulado em 12 meses, todavia, a variação é de 31,08% – desde setembro de 2020 (32,51%) este comparativo está acima de 30% para alimentos. O setor exerceu a quarta maior influência no acumulado no ano (2,21 p.p., em 19,11%) e a maior sobre o acumulado em 12 meses (7,60 p.p., em 36,81%) na média geral do IPP.

 

Fonte: Bahia.ba

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.