últimas notícias








Notícias

1 26/07/2021 16:11

Caso aconteceu na cidade de Gandu; pai do suspeito tentou contê-lo e também foi machucado. Depois do crime, agressor sofreu tentativa de linchamento por moradores do local. Polícia investiga e já pediu mandado de prisão

Um homem agrediu a companheira com o bebê no colo, na cidade de Gandu, no baixo-sul da Bahia. O caso aconteceu na última quinta-feira (22/7) e foi filmado pelo pai do suspeito, que tentou conter as agressões e também acabou machucado. As informações foram confirmadas ao G1 pela Polícia Civil nesta segunda-feira (26/7).

As imagens do crime viralizaram nas redes sociais. Além do bebê, uma criança de cerca de um ano também presenciou o crime. Não há detalhes se o menino também é filho do casal.

O suspeito foi identificado como João Pedro Barreto. No vídeo, o pai dele chegou a avisar que estava gravando a situação e pediu, repetidamente, para que agressor parasse de gritar com a companheira.

O pai do suspeito narrou ainda que o bebê, aparentemente recém-nascido, estava chorando porque foi jogado de cima da cama, para que o agressor batesse na vítima.

"Você pegou a criança e derrubou a criança atrás da cama, para bater na sua mulher", diz o pai do agressor, que continua: "Estou filmando você".

A todo o momento da gravação, o suspeito ameaçou a mulher, disse que ia "acabar com a vida" dela, além de xingá-la de diversos palavrões. Ele também apontou parao bebê, uma menina, e disse que queria que ela morresse.

Depois de agredir verbalmente a mulher, o homem deu um tapa na cara dela. Quando a vítima se levantou para tentar se defender, ele a arremessou na cama e a agrediu repetidas vezes com tapas e socos no rosto. A mulher gritou em desespero.

Enquanto agredia a companheira, ele repetia várias vezes que era "homem". O pai do agressor então soltou o celular e foi para cima dele, para conter a situação. As imagens mostram ainda que o pai também foi atacado com socos, enquanto uma terceira pessoa tentou segurar o agressor.

A mulher gritou por socorro e pediu para que o suspeito parasse de bater no próprio pai. Neste momento a gravação encerrou.

Segundo a Polícia Civil, depois das agressões, o suspeito sofreu uma tentativa de linchamento por moradores do local. Não há detalhes sobre os estados de saúde da mulher, do agressor, do pai dele e do bebê.

A polícia informou também que o caso foi registrado na delegacia de Gandu, responsável pela investigação. Testemunhas já foram ouvidas e um mandado de prisão preventiva contra o suspeito foi solicitado à Justiça. A polícia disse ainda que não pode dar mais detalhes para não atrapalhar o caso.

 

* G1 BA

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.