últimas notícias








Notícias

1 21/07/2021 15:07

Cinco meses após a tentativa de uma paralisação sem sucesso, os caminhoneiros anunciam greve nacional a partir da meia-noite de segunda-feira (26/7).

A categoria cobra, entre outras, a redução do preço dos combustíveis, a efetivação do piso mínimo e a liberação de pedágio para veículos sem carga.

Segundo José Roberto Stringasci, presidente da Associação Nacional do Transporte no Brasil, muitas entidades que na outra oportunidade foram contra a paralisação desta vez estão a favor, receosas da extinção da categoria do caminhoneiro autônomo.

Pelas mensagens em grupos de WhatsApp, rede social que serve como principal meio de mobilização da categoria, os organizadores apostam que o movimento será grande devido a insatisfação dos caminhoneiros com o governo.

Os motoristas não veem sentido na argumentação do presidente Bolsonaro, que culpa os tributos cobrados por governadores pelo aumento do preço dos combustíveis.

*Metro 1

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.