últimas notícias








Notícias

1 22/06/2021 11:44

Local era monitorado por quatro câmeras; pessoas que alugaram não foram encontradas

Um túnel de pelo menos 40 metros foi descoberto na segunda-feira (21) em um prédio em Poço de Caldas (MG), direcionado para agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. O prédio foi isolado. 

O imóvel foi alugado pelos suspeitos de cavar o túnel por R$ 24 mil ao mês. Eles gastaram cerca de R$ 240 mil com a permanência no local enquanto, suspeita-se, trabalhavam na escavação. 

Quatro câmeras estavam instaladas para monitorar o local. A central com as imagens dessas câmeras ainda estava ligada quando a Polícia Militar chegou. Agora, a Polícia Federal deve investigar o caso. 

É o segundo túnel descoberto na cidade em menos de um mês. No dia 1º de junho, um túnel com 15 metros de comprimento foi descoberto embaixo de uma casa. A Polícia Militar foi ao local acompanhando oficiais de justiça, porque o locatário não pagava aluguel desde novembro de 2020 e o dono entrou com uma ação. 

O morador chegou de São Paulo e alugou a casa em abril. Sem ter fiador, pagou R$ 10 mil adiandato por seis meses de aluguel. Em novembro, parou de pagar e não foi mais visto. Ele não foi encontrado na busca. A polícia não sabe qual era o propósito do túnel, já que não há agências bancárias ou lotéricas perto. *As informações são do G1.

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.