últimas notícias








Notícias

1 11/06/2021 12:45

A Bahia só vai conseguir imunizar toda população em 23 de novembro de 2023. A projeção é do Painel de Vacinação da Covid-19, sistema criado por cientistas de diversas universidades brasileiras que fazem parte do grupo ModCovid19.

No caso de Santo Antônio de Jesus, que está entre as 20 maiores cidades do estado, a previsão do fim da vacinação da população é para 9 de fevereiro de 2034. Em SAJ, o ritmo de vacinação é de aplicação de 68 primeiras doses por dia, e 93 segundas doses por dia. No município, 21.543 pessoas já receberam a primeira dose, ou seja, 21,04%; e 10.544 (10,30%) da população já recebeu a segunda dose do imunizante.

Valença, no baixo sul, terminará a imunização dos habitantes em 14 de setembro de 2024. Na cidade, são aplicadas 93 doses por dia. São 17.282 (17.77%)  pessoas com a 1ª dose. Por dia são aplicadas 22 doses da segunda imunização, e já são 7.538 pessoas (7,75%) que receberam a segunda dose da vacina.

Já Salvador, apontada como modelo para outras cidades, terminará o esquema vacinal dos seus habitantes em 29 de maio de 2022. 

No caso da Bahia, que tem 14,9 milhões de habitantes, o ritmo de vacinação é de 16 mil segundas doses por dia. Já Salvador, onde moram 2,9 milhões de pessoas, são aplicadas 5,7 mil segundas doses por dia.

Das 20 maiores cidades do estado, a capital baiana é a que tem uma melhor previsão de vacinação, seguida por Jequié, Lauro de Freitas, Teixeira de Freitas e Ilhéus. Santo Antônio de Jesus, Valença, Porto Seguro, Simões Filho e Itabuna são os que estão em situação mais complicada. 

Confira a previsão para o fim da vacinação no Brasil, Bahia, Santo Antônio de Jesus e Valença, que estão entre as 20 maiores cidades do estado:  

Brasil:   
Previsão do fim da vacinação: 09/06/2023 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 403.717 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 137.796 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 51.846.929 (24,48%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 23.418.325 (11,06%) 

Bahia:  
Previsão do fim da vacinação: 23/11/2023  
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 24.821 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 7.934 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 3.813.754 (25,54%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 1.585.252 (10,62%) 

Santo Antonio de Jesus: 
Previsão do fim da vacinação: 09/02/2034 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 68 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 11 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 21.543 (21,04%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 10.544 (10,30%) 

Valença: 
Previsão do fim da vacinação: 14/09/2027 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 93 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 22 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 17.282 (17.77%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 7.538 (7,75%) 

Salvador:  
Previsão do fim da vacinação: 29/05/2022 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 7.361 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 3.837 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 866.897 (30,03%)  
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 375.647 (13,01%) 

Feira de Santana: 
Previsão do fim da vacinação: 12/03/2025 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 1.543 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 218 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 148.404 (23,95%)  
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 64.080 (10,34%) 

Vitória da Conquista: 
Previsão do fim da vacinação: 20/01/2025 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 244 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 125 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 87.867 (25,76%)   
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 34.073 (9,99%) 

Camaçari: 
Previsão do fim da vacinação: 31/08/2026 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 324 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 80 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 54.247 (17,83%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 18.647 (6,13%) 

Juazeiro:  
Previsão do fim da vacinação: 09/01/2025 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 189 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose 79 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 40.917 (18,76%)  
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 18.608 (8,53%) 

Itabuna: 
Previsão do fim da vacinação: 22/01/2027 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 132 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 54 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 51.941 (24,31%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 22.367 (10,47%) 

Lauro de Freitas: 
Previsão do fim da vacinação: 21/01/2023 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 499 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 166 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 50.777 (25,18%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 21.288 (10,56%) 

Teixeira de Freitas: 
Previsão do fim da vacinação: 22/04/2023 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 125 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 113 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 27.548 (15,11%)  
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 11.060 (6,81%) 

Ilhéus: 
Previsão do fim da vacinação: 11/08/2023 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 165 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 100 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 57.760 (36,12%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 24.319 (15,21%) 

Barreiras: 
Previsão do fim da vacinação: 11/02/2026 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 154 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 45 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 31.635 (20,15%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 12.580 (8,01%) 

Jequié
Previsão do fim da vacinação: 08/10/2022 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 279 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 146 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 46.603 (29,85%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 23.647 (15,15%) 

Alagoinhas: 
Previsão do fim da vacinação: 07/09/2024 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 177 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 63 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 37.542 (24,65%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 13.719 (9,01%) 

Porto Seguro: 
Previsão do fim da vacinação: 25/06/2035 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 7 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 14 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 26.262 (17,43%)  
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 10.579 (7,02%) 

Simões Filho: 
Previsão do fim da vacinação: 20/08/2032 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 67 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 18 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 22.886 (16,85%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 8.854 (6,52%) 

Paulo Afonso: 
Previsão do fim da vacinação: 05/08/2025 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 247 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 37 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 28.030 (23,65%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 11.513 (9,71%) 

Eunápolis: 
Previsão do fim da vacinação: 19/04/2024 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 74 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 53 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 20.162 (17,62%)
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 9.324 (8,15%)

Luis Eduardo Magalhães: 
Previsão do fim da vacinação: 29/05/2024 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 85 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 39 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 12.201 (13,53%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 4.200 (4,66%) 

Candeias: 
Previsão do fim da vacinação: 16/09/2023 
Ritmo de vacinação da 1ª dose: 227 doses/dia 
Ritmo de vacinação da 2ª dose: 52 doses/dia 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 1ª dose: 16.488 (18,85%) 
Quantidade de pessoas imunizadas com a 2ª dose: 6.703 (7,43%) 

Nesse ritmo de vacinação, entre as capitais brasileiras, Salvador tem a sétima melhor previsão de término da vacinação. A cidade perde apenas para Natal, Belo Horizonte, Manaus, Vitória, Porto Alegre e Campo Grande, municípios com menos habitante do que a capital baiana. Campo Grande, inclusive, tem uma população de 900 mil pessoas e é a única que, segundo os cientistas, pode terminar de imunizar a população ainda em 2021, mais especificamente no dia 21 de dezembro.  

Já a nível estadual, mesmo sendo o quarto maior estado em população, a Bahia é apenas o 16º com melhor previsão de vacinação, atrás de estados menores como Acre, Mato Grosso e Alagoas, e dos outros três maiores: São Paulo, Minas Gerais e Rio de janeiro. 

Os pesquisadores criaram um modelo matemático que fornece previsões de quando a vacinação será concluída em cada município brasileiro. O cálculo é feito com base no ritmo de vacinação da segunda dose nos últimos 30 dias em cada cidade. Isso significa que quanto mais doses forem aplicadas, mais rápido vai ser o fim da imunização da população. No entanto, nessa atual realidade de 'vacinação a conta-gotas', devido aos constantes atrasos no envio de doses pelo Ministério da Saúde, as previsões dos cientistas não são nada positivas.   

Há duas semanas, por exemplo, a projeção do grupo era bem mais positiva: a Bahia iria terminar a imunização em agosto de 2022 e Salvador em janeiro de 2022. O problema é que, nesses 15 dias, o ritmo de aplicação da segunda dose diminuiu em 50% a nivel estadual (De 16 mil segundas doses por dia para 8 mil) e 33% a nível municipal (De 5,7 mil segundas doses por dia para 3,8 mil), segundo os cientistas.  

Quando uma cidade passa a aplicar poucas segundas doses, o ritmo de vacinação despenca e a projeção do fim da imunização é bastante aumentada. Esse é o caso de Porto Seguro, de 150 mil habitantes, localizado no sul da Bahia. Lá, apenas 14 segundas doses estão sendo aplicadas por dia, o que jogou a data final de imunização para 25 de junho de 2036. Essa data estipulada representa o momento em que 80% da população maior com 20 anos daquele território estará vacinada com as duas doses.  *As informações são do Correio

Pelo menos 70% da população tem que estar vacinada, alerta Sbim 

Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim), a vacina para covid-19 é importante para reduzir a mortalidade causada pelo vírus, manter o funcionamento da força de trabalho dos serviços de saúde e os serviços essenciais. Mas para que isso faça efeito, considerando a transmissibilidade da doença, é preciso que cerca de 70% da população esteja imunizada. Esse índice, de acordo com os cálculos do Painel de Vacinação da Covid-19, vai demorar para ser atingido.

Os números assustam, mas o professor Krerley Oliveira, coordenador do estudo e do Laboratório de Estatística e Ciência dos Dados da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), alerta que a previsão não é uma sentença e que ela vai mudar assim que o município aumentar seu ritmo de vacinação.

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.