Notícias

1 04/07/2020 20:58

Entidades Empresariais pedem reabertura segura do comércio em carta aberta a população

Cristina Pita

As Entidades Empresariais de Santo Antônio de Jesus, em carta aberta à população divulgada na noite deste sábado (4/7), abordam a insatisfação perante a prorrogação da suspensão das atividades comerciais decretada na sexta-feira (3/7) pela prefeitura.

De acordo com a publicação, as Entidades reconhecem os esforços da gestão na contenção da pandemia. Entretanto, reivindicam uma retomada rápida da atividade econômica, 'com protocolos sanitários a serem seguidos por todas as empresas', considerando que 'depois de quatro meses sem funcionamento regular, com uma grave crise econômica gerando o maior índice de desemprego dos últimos seis anos na cidade, e sem previsão do fim da pandemia pelos próximos meses, o comércio precisa retomar suas atividades com todos os cuidados de prevenção para não fechar ainda mais portas e postos de trabalho'.

Segundo o documento, 'no dia 3 de julho, através de declaração em redes sociais, sem nenhum contato prévio com as Entidades Empresariais, o prefeito prorrogou o fechamento do comércio pela terceira vez, argumentando que a proposta de plano de retomada enviada pelas Entidades estava sendo analisada pela gestão'.

Por outro lado, as Entidades afirmam que 'o prefeito se equivoca ao colocar a decisão de manter o fechamento do comércio sob a responsabilidade da classe empresarial, sem apresentar evidências de que o fechamento do comércio tenha conseguido combater a propagação da COVID-19. Ao contrário, os dados mostram que o número de casos aumentou neste período com o comércio fechado, com as pessoas aglomerando em bancos, lotéricas, e em seus locais de residência'.

Confira abaixo o documento na íntegra:

Arquivos

download circular_14_2020___carta_aberta_a_populacao.pdf
Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.