últimas notícias








Notícias

1 20/11/2019 05:40

Imagine a seguinte situação: você trabalha prestando serviços de manutenção elétrica. Em um dia comum de trabalho seu celular vibra e notifica que você tem que fazer um serviço em uma Escola Municipal situada na zona rural da cidade. E agora? Como chegar até lá?

Exatamente nesse ponto que a geolocalização entra! Sendo, também, exatamente aí que o Observatório Social de Santo Antônio de Jesus, com o apoio do Analista de Tecnologia da Informação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, campus de Santo Antônio, Humberto Junior, inovaram e apresentaram na reunião de diretoria desta última segunda-feira (18/11), uma ferramenta que pode ampliar as oportunidades de localização no município.

Através do Wikimapia, um projeto de mapeamento criado por russos que possui como slogan: Vamos descrever o mundo todo!, Humberto vem realizando junto ao Observatório Social, desde 2017, um projeto de geolocalização dos pontos de Saj, para isso, contou com o apoio do levantamento feito pela equipe de professor Djalma (UNEB) dos bairros urbanos da cidade. Já a zona rural foi toda mapeada in loco por Humberto Junior e pelo Observatório Social. Através de visitas, conversas com os moradores e estudos geográficos, foi feito o levantamento de escolas públicas e postos de saúde, a fim de estabelecer pontos de referências para essas localidades rurais, mapeando essas localidades na ferramenta citada.         

                                     

Mas para que essa ferramenta serve? Além de estabelecer uma melhor conexão e informação geográfica, a ferramenta vem auxiliando o Observatório Social a acompanhar as despesas com transporte escolar nos anos de 2018/2019, visto que, muitas vezes, por dificuldade de entender as rotas, os motoristas utilizavam de acessos mais distantes, o que de certa forma, resulta em valores altos de contrato (dados obtidos através do TCM). Em suma, a ferramenta, além de auxiliar o cidadão comum a traçar sua rota com mais clareza, auxilia o acompanhamento dos gastos dos recursos públicos em transporte, entre outros. Para conhecer é só acessar https://wikimapia.org/

Além desta pauta, o analista Humberto Junior, apresentou aos presentes um projeto de Preservação do Campo do Governo, idealizado pelo Ministério Público, Prefeitura e IFBA, com a parceria de outros agentes, como a UFRB, o GANA e a Polícia Militar, sendo esta uma necessidade cívica e oportunidade única de preservação da área verde da cidade. Para isso, foi elaborado uma planta do projeto de preservação, que foi apresentado em uma audiência pública com o Secretário de Meio Ambiente do Estado da Bahia.

Na oportunidade, Humberto Junior apresentou o projeto Fibra Óptica para Rede Colaborativa, idealizado pelo IFBA, UFRB e UNEB. Um projeto inicialmente de cunho acadêmico, mas que atinge outras áreas: diversos órgãos públicos, economia e melhoria da prestação de serviços. Sendo 30 conexões do estado, diversas da prefeitura, Saúde, Segurança e Trânsito.

O projeto deixa claro que a fibra óptica é a solução ideal garantir a qualidade e a alta velocidade nos serviços compartilhados de acesso à internet. A rede óptica viabiliza o compartilhamento de uma única fibra óptica entre vários usuários, conectados simultaneamente. Por sua enorme capacidade de banda, o cabeamento óptico pode ser utilizado por grupos ou subgrupos de usuários, que usufruem de altas taxas de velocidade de conexão contratadas ao mesmo tempo que minimizam despesas com a instalação, operação e manutenção da tecnologia.

 

*Ascom EE

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.