Notícias

1 20/08/2019 11:33

O MPF teria identificado retirada de recursos de conta vinculada sem nenhuma finalidade pública, além da não prestação de contas.

De acordo com informações do site Políticos do Sul da Bahia, o juiz federal Lincon Pinheiro Costa aceitou a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), contra o ex-prefeito de Canavieiras, Zairo Loureiro (DEM). De acordo com a denúncia, o prazo para prestação de contas do Convênio nº 750835/2010, firmado entre o Município de Canavieiras, durante da gestão do ex-prefeito, e o Ministério da Justiça, não foram prestadas. O prazo se encerrou em outubro de 2013.

O MPF alegou que o dolo e a má-fé estão demonstrados, na medida em que o ex-prefeito recebeu recomendação expressa do monistério, ainda durante o seu mandato, para que tomasse recibo de todos os documentos repassados ao sucessor, bem como para que guardasse consigo cópia dos documentos necessários a todas as prestações de contas referentes a 2012, cujo prazo fosse se extinguir apenas em 2013.

Concluiu o MPF “que o acionado simplesmente retirou os recursos da conta vinculada, desviou-os sem nenhuma finalidade pública e não prestou quaisquer satisfações quanto a esses saques e transferências.”

 

Fonte: Políticos do Sul da Bahia

Rua Tiradentes, 30 – 4-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 - A Força da Comunicação.
© 2010 - RBR Notícias - Todos os direitos reservados.